Um Mustang alternativo

Nos idos de 1966, o Mustang já era um fenômeno de vendas nos EUA. Boa parte desse sucesso se devia a sua imagem esportiva: pequeno (para o padrão-banheira local), acessível e, dependendo da versão, bem rápido, o carro levava para as garagens da classe média um pouco do espírito (e das formas) das pistas. Para reforçar essa imagem, a Ford tinha um parceiro de peso, o piloto e construtor Carl Shelby, que desde o ano anterior envenenava e assinava a série GT 350 do Mustang, variante apimentada da versão fastback do carro, produzida em pequena escala e cobiçadíssima (e hoje, cotada a peso de ouro). Mas e se, de repente, o genial Shelby rompesse com a Ford? Esta possibilidade parece ter sido o p

Apropriadamente motorizada

Assim como a definição do traje certo para cada ocasião, os ricos anos 1950 consagraram regras sociais e estéticas para o uso dos automóveis nos EUA. Não propriamente o que fazer ou não com o carro – até porque, naqueles tempos (e ainda hoje, na maior parte do país), se fazia quase tudo motorizado, das compras ao cinema (drive-in), da locomoção diária a passeios e viagens. Para cada tipo de lugar (e seu extrato social correspondente), havia um padrão de preço e de atualização automotiva mínimos para ingresso. Quanto mais chique, maiores e mais sofisticados os modelos a ponto de, nos clubes mais sofisticados, praticamente só serem vistos carros com o mesmo ano-modelo que constasse nos calendá

Registro sociológico sobre quatro rodas

Uma imagem que vale, se não por mil palavras, por um artigo sobre comportamento e consumo dos anos 1950 nos EUA (e por tabela, em meio mundo). "Bela, recatada e da roça", a moça reage apaixonada à camionete novinha que o marido trouxe para casa. Vai ser ótima para buscar as crianças na escola, ou para levar ração ou sementes para a fazenda da família, atividades típicas de uma mulher moderna e enquadrada na sociedade americana daqueles tempos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey

Rebimboca agência de comunicação e produção de conteúdo

Rio de Janeiro - Brasil

© 2020  Rebimboca Comunicação