• Do blog da Rebimboca no Globo

Vision, a Van do futuro próximo


Num futuro que fica logo ali adiante, as entregas expressas de encomendas serão feitas por drones, transportados por vans inteligentes, rigorosamente limpas em termos ambientais e totalmente integradas a enormes sistemas de logística, capazes de fazer qualquer coisa chegar a qualquer lugar, com total segurança e rapidez. E é de olho nesse mercado e nessas possibilidades absolutamente viáveis que a Mercedes Benz apresenta a sua Vision Van (nas foto acima e adiante e no filme abaixo).

Eu tenho pra mim que a Mercedes resolveu ser camarada e incluir um personagem de carne e osso ao volante do veículo nesse vídeo. Com a onda de carros autônomos que já estão rodando experimentalmente entre nós, seria até natural que essa mistura de nave espacial com pão de forma prateado, além de toda a automação logística (organização e embarque de cargas, planejamento de rotas etc.), dispensasse essa "peça orgânica" atrás do volante. Eu disse volante? Queiram desculpar, o carro não possui nem isso nem pedais, mas sim um joystick (aquelas alavanquinhas iguais as que se usa para jogar videogame).

Empurrada por um motor elétrico de 77 kW, a Vision é quase que totalmente silenciosa e, assim, segundo o release, poderá fazer entregas durante a noite sem incomodar ninguém – a menos que acione seus drones, que apesar de também serem movidos por energia elétrica, zumbem pelos ares com suas hélices alucinadas.

Com toda essa tecnologia, além dos ganhos ambientais com o silêncio e a limpeza elétricos, a Mercedes afirma que o novo sistema (carro + sistema logístico integrado) poderá proporcionar um ganho de até 50% de eficiência nas entregas de encomendas. Sabe aquele liquidificador que sua mãe comprou pela internet no mês passado e até agora não chegou? Pois é, daqui mais alguns anos, ela poderá preparar a sua vitamina de frutas algumas horas depois de encomendar o eletrodoméstico – e, se bobear, as frutas também.

Se você, à esta altura, gostou da novidade, mas não entendeu porque estou sendo tão irônico ao descrever um veículo tão bacana e potencialmente útil, eu me explico: adoro tecnologia, invenções e avanços que melhorem a nossa qualidade de vida e, com ela , possibilidade de sermos mais felizes. Só que, na minha conta (ou cota) de felicidade, entra o tal prazer de dirigir um carro. E esse aí não me parece nada, mas nadinha divertido de guiar. Mas tudo bem, um desses pode muito bem trazer rapidinho para minha casa as peças que estarão faltando para que eu acabe de reformar um modelo clássico – e divertido – que sonho em ter na garagem.


0 visualização
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey

Rebimboca agência de comunicação e produção de conteúdo

Rio de Janeiro - Brasil

© 2020  Rebimboca Comunicação