Ralizeiro coreano (fazendo pose na Itália)


Para disputar o mais famoso campeonato de rali do mundo, o WRC, algumas das mais importantes marcas do mundo desenvolvem verdadeiros supercarros, teoricamente a partir de modelos "de linha" como os que eu e você podemos comprar e levar para nossas garagens.

Digo teoricamente porque não conheço nenhum tipo de disputa automotiva em série em que as máquinas sejam exigidas mais duramente, tanto em performance quanto em resistência. E, por isso mesmo, embora tenham de respeitar a uma série de regras e limitações, os carros que disputam essas provas costumam ser bastante modificados e bombados. Esse é o caso do Hyundai RN30 concept aí das fotos. Baseado no novo i30 – que, como ele será apresentado no Salão do Automóvel de Paris, Paris Auto Show, a partir de amanhã –, essa baratinha enfezada está muitos furos acima do modelo de rua e seu visual não esconde isso.

Lama, cascalho, neve, pirambas, areia... pense em um caminho ruim, cheio de curvas; agora imagine passar por ali a mais de 150 km/h, correndo contra o relógio e sem conhecer o que vai encontrar pela frente; com um sujeito ao seu lado, o tempo todo, indicando as curvas, retas, perigos adiante e, também, a velocidade com a qual você terá de percorrê-los, nem mais, nem menos. Junte a isso oponentes que estão entre os melhores pilotos do mundo nos seus calcanhares e você terá um quadro razoavelmente fiel da coisa. É para esse cenário que os engenheiros e designers coreanos criaram o RN30.

Com tração integral, câmbio automatizado de dupla embreagem e seis velocidades e um motor 2.0 de quatro cilindros superturbinado – gera 380 cv de potência e 46 kgfm de torque –, o protótipo segundo a montadora é totalmente funcional e estaria prontinho para competir. O interior é reforçado com a gaiola estrutural tradicional desse tipo de categoria, tem todos os instrumentos e dispositivos de segurança – como os interruptores para cortar o combustível (em caso de colisão ou capotamento) e para acionar os extintores de incêndio –, bancos em concha com cintos especiais e volante de competição. A previsão é de que, se não exatamente igual a esse, uma versão esportiva "de rua" do i30 muito parecida com o RN30 seja produzida em série em breve, provavelmente com tração apenas nas rodas da frente e um pouco menos de músculos sob o capô.

Estava olhando essas imagens e algo me chamou a atenção: As fotos do carro estão ambientadas na pista de testes que fica no teto da antiga fábrica da Fiat, em Lingotto, Turim. Conheço bem aquele lugar fantástico, pois estive ali gravando com o Oficina Motor. Construída no final dos anos 1920, aquela fábrica funcionou até os anos 1980, período durante o qual rigorosamente todos os carros ali produzidos rodaram alguma voltas naquelas retas e curvas parabólicas com vista para os alpes. O prédio foi vendido pela montadora e, hoje, abriga escritórios, um hotel e uma galeria de arte e a pista costuma ser alugada para eventos – e sessões de fotos, como essa. Se há alguma ironia ou provocação coreana embutida nisso, eu não saberia dizer.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey

Rebimboca agência de comunicação e produção de conteúdo

Rio de Janeiro - Brasil

© 2020  Rebimboca Comunicação