top of page

Cesar Ramos vence no anel externo de Goiânia

Piloto da Ipiranga resistiu ao ataque de Nelsinho Piquet nas últimas voltas


Por Alexandre Kacelnik, fotos e Carsten Horst/Hyset


Goiânia, 27 de agosto – Numa prova duríssima, onde teve que resistir ao ataque de Nelsinho Piquet nas últimas voltas, Cesar Ramos conseguiu cruzar a linha de chegada pouco mais de meio segundo à frente do adversário e venceu a corrida principal, que abriu a sétima etapa da Stock Car no anel externo do circuito de Goiânia. Essa foi a segunda vitória de Cesar Ramos na Stock Car. A primeira foi conquistada em outubro de 2022, também em Goiânia, e também partindo da pole position, só que no circuito misto.



“Esperava uma corrida dura, mas foi muito mais dura que eu esperava. Foi muito importante sair na pole position, a estratégia adotada pela equipe de ser o primeiro a fazer o pit stop deu certo, e nas últimas voltas o Nelsinho veio com um ritmo um pouco mais forte que o meu, e consegui administrar a vantagem. Conheço o Nelsinho, sei que ele cresce durante as corridas, mas é uma cara que é agressivo dentro dos limites. Foi uma disputa limpa e consegui segurar”, disse Cesinha.


“Agradeço muito à minha equipe e dedico a vitória à nossa engenheira Rachel Loh, que sofreu um acidente e não pôde estará aqui. Eu vinha de um início de campeonato bom e aconteceram algumas coisas nas últimas etapas, sobretudo na última, quando saí zerado do Velocitta e caí do 4º para o 8º lugar no campeonato, e isso foi um soco na cara, uma grande pressão psicológica. Cheguei aqui me pressionando para ganhar, e consegui fazer a pole, vencer e ser o maior pontuador do fim de semana numa pista duríssima, que não permite o menor erro”, completou.


Com os 37 pontos de Goiânia (2 pontos pela pole postion, 30 pela vitória na corrida 1 e 5 pelo 17º lugar na corrida 2, que terminou sob bandeira vermelha), Cesinha foi de 8º para 7º lugar no campeonato. Parece pouco, mas ele chegou em Goiânia a 48 pontos da liderança, que era de Thiago Camilo, e saiu a 26 pontos do novo líder, Daniel Serra.


Thiago Camilo, correndo com os 30 kg de lastro da liderança, classificou em 6º e estava em 6º a poucas voltas do fim da corrida 1 quando teve um problema de freio e escapou numa curva, passeou na grama e voltou em 17º. Na segunda corrida foi envolvido num acidente na largada e não pontuou. Caiu para o 4º lugar no campeonato, mas não esmoreceu. “Meu pedal de freio estava baixando demais a partir de um certo ponto da corrida 1, teve um momento em que ele baixou demais e foi impossível controlar o carro. Na corrida 2 não há o que falar. Só posso dizer que estou na briga e vou correr atrás da liderança no Velopark”, disse Camilo, que está a 11 pontos de Daniel Serra.



Komentarze


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page