top of page

Ipiranga Racing, da engenheira Rachel Loh, teve mecânica trabalhando em Interlagos

 Por Alexandre Kacelnik - foto Hyset




 

No último fim de semana, a mecânica Patrícia Alencar (foto acima), 20 anos, esteve trabalhando no box da Ipiranga Racing. Primeira mulher a trabalhar como mecânica na principal categoria do automobilismo brasileiro em muitos anos, Patrícia foi ‘garimpada’ pela engenheira Rachel Loh. “Venho monitorando a Patrícia há um tempo, agora surgiu a oportunidade de trazê-la para trabalhar nessa etapa, que é na cidade dela, mas o objetivo é leva-la para trabalhar na equipe (que fica em Petrópolis, RJ) de forma permanente”. 


Patrícia, que estudou mecânica automotiva no Senai e está no primeiro semestre de engenharia mecânica na Universidade Anhembi Morumbi> Entrou no automobilismo através do Girls Like Racing (@girlslikeracingbr, uma comunidade de mulheres apaixonadas por velocidade), e pelo Girls Like Racing já esteve na Stock Car, em Interlagos, como fã.


Através de Bia Figueiredo, coordenadora do programa FIA Girls on Track no Brasil, fez imersão no GP São Paulo de F1 em 2022, e fez a temporada 2023 inteira como mecânica na Porsche Cup. O gosto pela mecânica e pela velocidade está no DNA.


Seu pai, Osvaldo, tem uma oficina, a Champions, em Vila Prudente, que a filha sempre frequentou, e onde começou a trabalhar com 15 anos. E Osvaldo trabalha como mecânico em várias categorias de automobilismo como Nascar, Porsche e Paulista. A mãe, Vanessa, além de também já ter ajudado botando a mão na graxa na oficina, trabalha voluntariamente como bandeirinha. Aliás, ela estará atuando nesse fim de semana em Interlagos. E a irmã mais nova, Rachel, está estreando como social media (@rauqel_nal) focada em...automobilismo.



Comentarios


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page